Clique aqui!
X
Clique aqui para Falar Comigo!
(41) 99602-2563
Clique aqui para Falar Comigo!

Massagem Sensorial

Compartilhar

O nosso corpo regista e guarda memórias a um nível físico muito profundo. 

Algumas dessas memórias são traumáticas e estão associadas a dor.  No esforço inconsciente de nos preservar, o corpo tem a extraordinária capacidade de as transformar em áreas de dormência, insensibilidade, rigidez e dor (áreas onde o corpo foi construindo escudos protetores ao redor de dores e vulnerabilidades antigas).

Então o corpo físico é uma espécie de detentor da nossa sombra, é nele que muita da nossa história é armazenada; por isso, é também no corpo que se processa uma das curas mais significativas, conseguida através do desmantelamento das camadas protetoras que vamos construindo.

Esse desmantelamento só é conseguido se permitirmos que o corpo físico faça novas aprendizagens, que passam pela criação de novos circuitos neurológicos – o toque físico, a respiração intencional e o som verbalizado são veículos para esta re-aprendizagem. Na Massagem Sensorial, a pele de todo o corpo é estimulada através de um toque específico que proporciona um aumento imediato da sensibilidade.

Quando se é tocado desta forma amorosa e maternal, mas desapegada, trazendo-se a atenção, o cuidado, o amor para áreas que, de algum modo, negligenciamos, e criando-se a possibilidade de nos sentirmos vulneráveis, então o trauma aí guardado é libertado e o corpo começa, de novo, a sentir a vida pulsante, muitas vezes de uma forma tão evidente e física como tremores, arrepios, espasmos e contrações involuntárias.

A estimulação que fazemos, com determinada intensidade e por um certo período de tempo, permite que a energia comece a circular livremente, dissolvendo-se os bloqueios existentes.

Essa energia, a que damos o nome de bioeletricidade, energia vital, sexual, chi, ki, prana, é que nos mantém vivos e funcionantes.

Circulando e expressando-se de um modo espontâneo, natural e livre, permite que o orgasmo se intensifique, havendo produção de maiores quantidades hormonais: serotonina, endorfina e oxitocina circulam livremente pelo corpo, fortalecendo as conexões sinápticas – as vinculações que ligam cada fibra nervosa -, o que tem uma grande repercussão orgásmica, de caráter integrador pois todo o corpo é implicado no orgasmo.

Daí este ser o nível mais básico e essencial de trabalho corporal.

ArabicCatalanChinese (Simplified)Chinese (Traditional)DutchEnglishFrenchGermanItalianJapaneseLuxembourgishPortugueseRussianSpanishSwedish